A passada semana referi-me à aprendizagem usando ideias comummente aceites que fazendo se aprende mais facilmente, pois…

Fazendo várias vezes ganha-se destreza, desenvolvemos agilidade; até podemos mecanizar um conjunto de operações e processos mas… porque o fazemos? Aprendemos?

Para aprender precisamos que no nosso cérebro aconteçam um conjunto de passos, sequenciais, e quanto mais intensos e claros ficarem mais profunda é a aprendizagem.

Precisamos perceber a ver o problema e o seu enquadramento e, portanto, a necessidade de solução.

Depois analisar os princípios científicos envolvidos, ainda que lhe chamemos outra coisa, para desenhar uma solução.

Por fim, testar e refazer até a solução se mostrar válida e passível de ser extrapolada.

Qualquer que seja a área do saber!!!

Veja o esquema na imagem.